Projeto executado pelo Mater Natura em parceria com o WWF-Brasil realizou primeiro módulo de oficina sobre conservação de espécies

Compartilhe esse conteúdo

28 de junho de 2020, notícia publicada pelo Mater Natura – Instituto de Estudos Ambientais.

Neste ano de 2020, o  Mater Natura está executando um projeto em parceria técnico-financeira com o WWF-Brasil. Por meio deste projeto será elaborado um plano de restauração ecológica para a ecorregião do Alto Paraná, entre os Parques Nacionais do Iguaçu (PNI) e de Ilha Grande (PNIG) e se estendendo até o Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema (PEVRI).

O objetivo é que este Plano de Restauração seja elaborado de forma conjunta com atores-chave que atuam ou já atuaram na região. Entre os temas abordados no Plano, está o de conservação de espécies. Desta forma, está sendo realizada uma oficina com o tema “Conservação de espécies”, com o objetivo de identificar áreas para restauração a partir de requerimentos de fauna na região de abrangência do projeto.

O primeiro módulo aconteceu no dia 18 de junho e reuniu 30 pessoas virtualmente. Além da equipe envolvida na elaboração do Plano (Mater Natura, WWF-Brasil e os parceiros do Pacto pela Restauração da Mata Atlântica), estiveram presentes profissionais representando 15 instituições.

Durante este primeiro módulo foi apresentado aos participantes os objetivos do projeto e  a proposta da oficina. Ronaldo Morato (CENAP/ICMBio) e Yara Barros (Projeto Onças do Iguaçu) compartilharam experiências de trabalho na região e os participantes fizeram uma indicação prévia de espécies com foco em restauração ecológica e conservação da onça-pintada.

Nos dias 02 e 09 de Julho acontecerão os próximos módulos da oficina. A colaboração destes profissionais é um diferencial para o sucesso em uma futura implementação do Plano de Restauração.

Área de abrangência do Plano de Restauração (delimitação prévia).
Em vermelho a área de abrangência do Plano de Restauração (delimitação prévia), e em verde (manchas maiores) as Unidades de Conservação PNI, PNIG e PEVRI.

Inscreva-se em nossa Newsletter

Receba mensalmente o nosso informativo.

Posts Relacionados

Institucional

Mater Natura aprova projeto junto ao MMA e Funbio

O projeto “Refloresta o Lagamar: fortalecimento de áreas protegidas e da cadeia produtiva de restauração para conservação da Mata Atlântica” propõe a restauração e enriquecimento florestal de 181,1 hectares da vegetação nativa em sete Unidades de Conservação estaduais e privadas do Lagamar paranaense e a ampliação da cadeia produtiva de sementes e mudas destinadas à

Rolar para cima