O Mater Natura

O Mater Natura – Instituto de Estudos Ambientais é uma associação civil ambientalista, sem fins econômicos, de caráter científico, educacional e cultural. Nossa atuação começou em 1983. Temos como objetivo social trabalhar pela defesa, proteção, preservação, conservação, recuperação e manejo sustentável do meio ambiente, do patrimônio histórico e paisagístico e dos bens e valores culturais em âmbito nacional.
Contamos com uma estrutura organizacional para gestão e fiscalização de nossas atividades. Temos uma equipe multidisciplinar que elabora e executa projetos em diversas áreas, desenvolve e participa de ações de políticas públicas e atua em conjunto com uma rede de parceiros.

Contribuir para a conservação da diversidade biológica e cultural, visando à qualidade da vida.

Trabalhar pela manutenção e recuperação do bioma Mata Atlântica e dos ambientes costeiros e marinhos associados, com a participação e comprometimento da sociedade.

Competência, com tradição, experiência e capacidade técnica na conservação da Biodiversidade;  comprometimento e coerência, com todas as ações vinculadas à missão; responsabilidade e idoneidade, para assumir os resultados das ações; ética e transparência, com clareza na prestação de contas e divulgação dos resultados; igualdade e respeito, pelo reconhecimento da pluralidade de interesses e negociações em prol da conservação; diálogo e participação, com abertura a todos os setores da sociedade, compartilhando o conhecimento e priorizando a aprendizagem coletiva.

Áreas Protegidas: fomentar a criação e gestão de Unidades de Conservação e áreas protegidas, atuando na elaboração de planos de manejo, formação e capacitação de conselhos gestores.
Áreas Privadas: incentivar práticas sustentáveis e apoiar a conservação, a recuperação e o monitoramento de áreas privadas urbanas e rurais.
Uso Sustentável: conciliar o uso sustentável do patrimônio natural com a manutenção da diversidade biológica e promoção da qualidade de vida das comunidades rurais e dos povos tradicionais.
Pesquisa em Biodiversidade: fomentar estudos científicos nas áreas biológica, ambiental e científico-tecnológica com o objetivo de contribuir para a conservação da biodiversidade.

História

A ideia de criar o Mater Natura surgiu em 1983, quando um grupo de 25 estudantes de Biologia da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) participou de um encontro que denunciava a utilização indiscriminada de agrotóxicos na agricultura paranaense. Nos primeiros anos, o grupo realizou atividades no câmpus da PUC-PR, como palestras e exposições informais, paralelas às atividades acadêmicas. Também organizou cursos de extensão universitária e trabalhou no estímulo à formação de grupos temáticos de discussão.
Igualmente se engajou em campanhas históricas, entre elas: apoio à adoção da Educação Ambiental nas escolas, com enfoque multidisciplinar; ações contra a caça às baleias e outros cetáceos no litoral brasileiro; luta pelo tombamento da Serra do Mar paranaense; mobilização pelo fechamento da Estrada do Colono, que cortava ilegalmente o Parque Nacional do Iguaçu, e contra a tentativa de construir a porção paranaense da BR-101, na região da Área de Proteção Ambiental de Guaraqueçaba.
Inicialmente batizado de Movimento Ecológico Mãe Nature, em maio de 1987 o grupo foi oficialmente registrado em cartório como Movimento Ecológico Mater Natura. E, a partir de janeiro de 1993, passou a ter a atual denominação de Mater Natura – Instituto de Estudos Ambientais.
O instituto recebeu a declaração de Utilidade Pública do governo do Estado do Paraná (Lei nº 9.085/89), do Município de Curitiba (Lei nº 7.577/90), e a qualificação de Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), pela Secretaria Nacional da Justiça, em 2003.

Desde 2008 está registrado, sob o nº 020/07-E, no Conselho Regional de Biologia da Sétima Região (CRBio-07). Igualmente, é registrado no Cadastro Técnico Federal (CTF) do Ibama desde 2019, sob nº 480986.

CLIQUE AQUI E VEJA COMO É FORMADA
A NOSSA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL.
Scroll to Top