Primeira etapa de monitoramento do projeto Corredores de Biodiversidade foi concluída

Compartilhe esse conteúdo

22 de dezembro de 2017, notícia publicada pelo Mater Natura – Instituto de Estudos Ambientais.

Entre os dias 28 de novembro e 08 de dezembro de 2017 a equipe técnica do projeto Corredores de Biodiversidade esteve em campo realizando a Primeira Campanha de Monitoramento das áreas que serão restauradas no projeto financiado pelo BNDES. O monitoramento foi realizado com apoio do CORIPA – Consórcio Intermunicipal para Conservação do Remanescente do Rio Paraná e Áreas de Influencia, IAP – Instituto Ambiental do Paraná, ICMBio – Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade , IMASul – Instituto de Meio Ambiente do Mato Grosso do Sul , Macuco Safari e Prefeitura de Alto Paraíso.Houve ainda a importante participação dos consultores Antônio Carlos Galvão de Melo e Jefferson Ferreira Lima.

Foram instaladas 77 parcelas de monitoramento prévio nos seguintes locais: Ilha Ivaí que faz parte do complexo de aproximadamente 180 ilhas do Parque Nacional de Ilha Grande; Assentamento Zumbi dos Palmares, inserido na Área de Proteção Ambiental (APA) Federal das Ilhas e Várzeas do Rio Paraná; Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema e Parque Nacional do Iguaçu. O método aplicado para a realização do monitoramento foi o Protocolo de Monitoramento do Pacto pela Restauração da Mata Atlântica e Modelo de Monitoramento realizado no Estado de São Paulo.

A equipe técnica do projeto agradece imensamente pelo apoio e parceria incondicional, com a certeza de que seguiremos juntos neste próximo ano, já com o início dos plantios. Desejamos a todos boas festas!

Confiram algumas fotos desta campanha:

Inscreva-se em nossa Newsletter

Receba mensalmente o nosso informativo.

Posts Relacionados

Nossas ações

Educadores de Antonina/PR fazem visita a manguezais e áreas de restauração do projeto

Educadores de Antonina/PR fazem visita a manguezais e áreas de restauração do projeto Na primeira terça-feira de dezembro (05/12), a equipe do projeto “Olha o Clima, Litoral!” teve a oportunidade de guiar pelos manguezais da região e pelas áreas de restauração do projeto os educadores de Antonina/PR, que participaram do curso “Educação Ambiental, Meio Ambiente

Eventos

Seminário Reconectando Florestas apresenta os resultados finais do Projeto Biodiversidade e Mudanças Climáticas na Mata Atlântica

A equipe do Mater Natura, juntamente com o presidente da Associação do Quilombo Rio Verde, Jean Gonçalves Barreto, representaram o projeto Refloresta o Lagamar: fortalecimento de áreas protegidas e da cadeia produtiva de restauração para conservação da Mata Atlântica no III Seminário Reconectando Florestas em Porto Seguro – BA, entre os dias 04 a 07

Rolar para cima