Mater Natura participa do desenvolvimento de 12 PMMA para mitigar os efeitos das mudanças climáticas no RJ

Compartilhe esse conteúdo

No final de setembro (28/09), o Mater Natura esteve presente na Cerimônia de Entrega dos Planos Municipais de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica da Região Hidrográfica II, no Palácio Guanabara, Rio de Janeiro (RJ). Quem nos representou por lá foram o nosso vice-presidente Tiago Machado de Souza, nossa responsável técnica Karina Luiza de Oliveira, e o nosso associado César Tavares.

A Região Hidrográfica II se situa a oeste da bacia da Baía de Guanabara, no Estado do Rio de Janeiro. No total, seis municípios estão inseridos integralmente na RH II, e outros nove parcialmente, perfazendo um total de 15 municípios. Três deles já possuíam PMMA, portanto, atuamos no desenvolvimento de 12 deles em uma parceria entre a AGEVAP e o Consórcio STCP/Mater Natura.

“Ao longo de dois anos trabalhamos para a recuperação da Mata Atlântica na região, visando mitigar os efeitos das mudanças climáticas, com a Adaptação baseada em ecossistemas como norte do plano cooperativo, gerando e visualizando oportunidades intermunicipais”, explica Karina.

Formada pelas bacias hidrográficas dos rios Guandu, da Guarda e Guandu-Mirim, a região é considerada peça vital na subsistência e desenvolvimento da Região Metropolitana do Rio de Janeiro (RMRJ), uma vez que suas águas são responsáveis pela segurança hídrica desta que é a segunda maior região metropolitana do país.

“Participar deste evento é bastante significativo para nós, que este ano completamos 40 anos de atuação, pois temos acompanhado e contribuído neste processo de elaboração dos PMMA desde 2010, quando participamos de um projeto financiado pelo Ministério de Meio Ambiente, via o PDA, que foi um piloto para construção do primeiro Roteiro de elaboração dos PMMA, e que propiciou a elaboração dos primeiros PMMA.  Nos anos seguintes, capacitamos e assessoramos alguns municípios do Paraná para a elaboração de seus planos e contribuímos também com a revisão e elaboração do novo roteiro”, finaliza Tiago.

Saiba mais sobre esse assunto aqui.

Inscreva-se em nossa Newsletter

Receba mensalmente o nosso informativo.

Posts Relacionados

Biblioteca Olha o Clima, Litoral!

Mudança climática: projeções e recomendações para o Litoral do Paraná – Estudos de elevação do nível do mar e quantificação de estoques de carbono azul

O relatório Estudos de elevação do nível do mar e quantificação de estoques de carbono azul é o primeiro de uma série de publicações intitulada Mudança climática: projeções e recomendações para o Litoral do Paraná, que serão concluídas até o final do ano pelo projeto “Olha o Clima, Litoral!”, realizado pelo Mater Natura – Instituto

Nossas ações

2º Encontro Diálogo dos Saberes abordou temas como mudança climática e impactos na pesca

No último sábado (29/07), o projeto “Olha o Clima, Litoral!” realizou o 2º Encontro de Diálogo de Saberes, em conjunto com a Festa do(a) Pescador(a) em Antonina/PR, na Praia da Ponta da Pita. A ação buscou se aproximar da população local, especialmente pescadores e pescadoras tradicionais, para promover trocas com especialistas ambientais sobre temas como

Rolar para cima