Representante do Mater Natura participa de evento Mundial de Restauração Ecológica

Compartilhe esse conteúdo

28 de junho de 2021, notícia publicada pelo Mater Natura – Instituto de Estudos Ambientais.

Durante os dias 21 a 24 de junho de 2021, ocorreu a Conferência Mundial de Restauração Ecológica SER, que este ano aconteceu de forma virtual devido a pandemia ocasionada pelo Covid-19.

Figura 1: SER 2021
Figura 1: SER 2021

Vários foram os aspectos que tangem a restauração abordados durante o evento, por meio de viagens de campo virtuais, pôsteres e simpósios. A Conferência virtual permitiu a vivência, aprendizado e compartilhamento de experiências de pessoas de vários locais do mundo. Entre elas o simpósio “Esforços transfronteiriços para a restauração da paisagem florestal: trabalhando em três países para a conservação e restauração da Mata Atlântica” que ocorreu com a participação de representantes do WWF-Brasil, WWF-Paraguai, Fundação Vida Silvestre da Argentina e Mater Natura.

Ana Paula Silva que representou o Mater Natura na sessão, compartilhou os resultados do Plano de Restauração da Mata Atlântica na Ecorregião do Alto Paraná (Parque Nacional do Iguaçu – Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema), sua construção participativa e a visão de longo prazo, por meio da fase de implementação que se iniciará no segundo semestre deste ano. “Foi uma grande experiência e uma grande oportunidade poder participar de um evento como este e poder compartilhar os trabalhos que vem acontecendo na região do Alto Paraná. Atuamos com o apoio de várias parcerias que permitem que as ações ganhem robustez, o que torna ainda mais importante mostrar o potencial da região”, relatou Ana Paula, coordenadora do projeto pelo Mater Natura.

Participantes durante a sessão de interação da Conferência SER 2021
Participantes durante a sessão de interação da Conferência SER 2021

 

Créditos foto de capa: WWF-Brasil – Chris Rizzi.

 

Inscreva-se em nossa Newsletter

Receba mensalmente o nosso informativo.

Posts Relacionados

Institucional

Mater Natura aprova projeto junto ao MMA e Funbio

O projeto “Refloresta o Lagamar: fortalecimento de áreas protegidas e da cadeia produtiva de restauração para conservação da Mata Atlântica” propõe a restauração e enriquecimento florestal de 181,1 hectares da vegetação nativa em sete Unidades de Conservação estaduais e privadas do Lagamar paranaense e a ampliação da cadeia produtiva de sementes e mudas destinadas à

Rolar para cima