Programa de Gestão de Projetos de Estudos e Conservação do Patrimônio Espeleológico resulta em mais de 45 publicações

Compartilhe esse conteúdo

O Mater Natura – Instituto de Estudos Ambientais e a Margem Mineração (Cecil Cimentos), assinaram um Termo de Cooperação para atender ao Termo de Compromisso de Compensação Espeleológica nº 01/2021/ICMBio-CECAV. Dentre as atividades, o Mater Natura teve a responsabilidade de gerenciar a parte financeira e acompanhar a gestão técnica do projeto Espeleopiraí: patrimônio espeleológico arenítico da Escarpa Devoniana em Piraí da Serra/PR, além de acompanhar e gerir financeiramente outros cinco projetos aprovados em edital de financiamento específico.

Os resultados destes 6 projetos já foram ou estão sendo publicados agora (mais de 45 publicações), concluindo estudos que estas instituições já realizavam, auxiliando no desenvolvimento de pesquisadores na graduação e pós graduação. Assim, o programa contribuiu com as pesquisas pretéritas em desenvolvimento ou produziu outras inéditas, contribuindo para auxiliar na gestão conservacionista que o CECAV realiza destes ambientes tão singulares. 

Capa do Livro sobre o Projeto Espeleopiraí, de responsabilidade técnica do GUPE – Grupo Universitário de Pesquisas Espeleológicas.

A seguir estão selecionados os 05 projetos aprovados no edital:

 

Projeto

Instituição

Coordenação

Influência de fatores ambientais em distintas escalas na composição e riqueza de invertebrados cavernícolas na Mata Atlântica do Norte do Paraná.

Centro de Estudos em Biologia Subterrânea – UFLA

Marconi Silva

A Gruta dos Paiva e seu entorno (Parque Estadual Intervales) – a importância de estudos básicos para implementação de estratégias de conservação e manejo

Instituto Brasileiro de Estudos Subterrâneos – IBES

Maria Elina Bichuette

Cavernas como modelo para análise de mudanças climáticas: a importância de estudos básicos para implementação de estratégias de conservação

Instituto Brasileiro de Estudos Subterrâneos – IBES

Maria Elina Bichuette

Análise de Uso Público e fatores de pressão sobre a gruta da Lancinha, como subsídios ao manejo adequado do monumento  natural.

Grupo de Estudos Espeleológicos do Paraná – Açungui – GEEP – Açungui

Gisele Sessegolo

Registro sedimentar cársticos em cavernas no sistema cárstico do supergrupo açungui para compreensão das variações paleoambientais

Universidade de Brasília – UNB

Rogerio Uagoda

Capa do Livreto Infantil: Guia para conhecer o mundo subterrâneo (GUPE). Este livreto também foi disponibilizado digitalmente em parceria com o projeto PAT Caminho das Tropas).

Estes projetos tinham como linha base temas que contribuíssem com as linhas temáticas constantes nos componentes 1 e 3 do Programa Nacional de Conservação do Patrimônio Espeleológico Nacional – PNCPE (Portaria MMA n°358/2009). O componente 1 refere-se ao conhecimento do patrimônio espeleológico e o componente 3 à Utilização Sustentável dos Componentes do Patrimônio Espeleológico.

Além destes projetos já citados, o Comitê Gestor aprovou mais um projeto, com a finalidade de produção de material de comunicação, intitulado “Divulgação de conhecimento sobre ecologia e conservação de cavernas do Paraná” coordenado pelo Prof. Marconi – Centro de Estudos em Biologia Subterrânea – UFLA. Este projeto foi executado nos últimos 4 meses do Programa – que foi concluído em maio de 2024 -, com recurso remanescente do TCCE.

Capa de duas cartilhas ilustradas, desenvolvidas abordando conceitos fundamentais associados à ecologia e conservação das cavernas no Paraná (UFLA)

Inscreva-se em nossa Newsletter

Receba mensalmente o nosso informativo.

Posts Relacionados

Biblioteca Olha o Clima, Litoral!

Mudança climática: projeções e recomendações para o Litoral do Paraná – Estudos de elevação do nível do mar e quantificação de estoques de carbono azul

O relatório Estudos de elevação do nível do mar e quantificação de estoques de carbono azul é o primeiro de uma série de publicações intitulada Mudança climática: projeções e recomendações para o Litoral do Paraná, que serão concluídas até o final do ano pelo projeto “Olha o Clima, Litoral!”, realizado pelo Mater Natura – Instituto

Nossas ações

2º Encontro Diálogo dos Saberes abordou temas como mudança climática e impactos na pesca

No último sábado (29/07), o projeto “Olha o Clima, Litoral!” realizou o 2º Encontro de Diálogo de Saberes, em conjunto com a Festa do(a) Pescador(a) em Antonina/PR, na Praia da Ponta da Pita. A ação buscou se aproximar da população local, especialmente pescadores e pescadoras tradicionais, para promover trocas com especialistas ambientais sobre temas como

Rolar para cima