Atualização das atividades da Revisão da Lista de Espécies da Fauna Ameaçadas para o Estado do Paraná – Consulta Ampla aos Especialistas

Compartilhe esse conteúdo

Foi dado início no dia 20 de abril de 2023 a etapa de Consulta Ampla aos Especialistas no processo de Revisão da Lista de Espécies da Fauna Ameaçadas para o Estado do Paraná. Nessa etapa, que antecede as oficinas de avaliação dos táxons, os pesquisadores estão convidados a acessar a plataforma, realizar o cadastro e participar do projeto. Nesse site, há também um vídeo tutorial para esclarecer eventuais dúvidas. 

O bicudinho-do-brejo é uma das espécies ameaçadas de extinção no Paraná. Foto: Gabriel Marchi

Essa etapa consiste na contribuição e validação das informações pela rede de pesquisadores que atuam no Paraná para a confecção de mapas rigorosamente alinhados com a área de ocorrência das espécies e de fichas de avaliação por espécie, produtos que darão subsídio para o processo de discussão durante as Oficinas de Avaliação. Os táxons que estão em consulta aberta são:

– Até dia 07 de maio de 2023: Amphibia, Coleoptera, Formicidade e Echinodermata

– Até dia 15 de maio de 2023: Polychaeta, Cnidaria, Crustacea e Peixes

Os demais táxons que estão em processo de revisão terão seus cronogramas de consulta divulgados nos próximos dias. 

O processo de avaliação da fauna do Estado segue a metodologia, os critérios e as categorias da União Internacional para Conservação da Natureza (UICN) e a consulta ampla é uma etapa prévia à Oficina de Avaliação dos Táxons, que será realizada nos próximos meses.

Sobre o Projeto:

No ano de 2022, o Mater Natura – Instituto de Estudos Ambientais por meio de um processo seletivo de ampla concorrência nacional, foi contratado pelo WWF-Brasil para realizar uma nova revisão da Lista de Espécies da Fauna Ameaçadas para o Estado do Paraná.

As ações estão no âmbito do Projeto “Estratégia Nacional para a Conservação de Espécies Ameaçadas de Extinção – GEF Pró-Espécies: Todos contra a extinção”, coordenado pelo Governo Federal por meio do Ministério do Meio Ambiente (MMA), financiado pelo Fundo Global para o Meio Ambiente (Global Environment Facility – GEF), pelo Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio) e executado pelo WWF-Brasil. 

A realização do trabalho faz parte faz parte das ações prioritárias do PAT “Plano de Ação Territorial Caminho das Tropas Paraná-São Paulo” e está sob supervisão da Secretaria do Desenvolvimento Sustentável do Estado do Paraná (SEDEST) e do Instituto Água e Terra (IAT).

Inscreva-se em nossa Newsletter

Receba mensalmente o nosso informativo.

Posts Relacionados

Biblioteca Olha o Clima, Litoral!

Cartilha “Realidade e desafios da pesca artesanal em Antonina”

Instagram Facebook-f Linkedin Youtube Cartilha “Realidade e desafios da pesca artesanal em Antonina” A Cartilha “Realidade e desafios da pesca artesanal em Antonina” é fruto das informações obtidas ao longo das Oficinas de Diálogo Participativo (reuniões realizadas junto à comunidade pesqueira), que ocorreram no ano de 2023, como parte das atividades do projeto “Olha o

Áreas protegidas

Março foi mês de intercâmbio, workshop e Fórum Florestal

Intercâmbio da Rede Trinacional de Restauração da Mata Atlântica Entre os dias 6 e 8 de março, recebemos membros da Fundación Vida Silvestre da Argentina e uma representante da WeForest para um intercâmbio no âmbito das ações da Rede Trinacional de Restauração da Mata Atlântica. A visita técnica aconteceu nas áreas em processo de restauração realizadas pelo Mater

Rolar para cima