Reconecta Alto Paraná – restaurando corredores e unindo pessoas

Início: Maio 2021
Término: Maio 2024
Financiador: WWF-Brasil

Participação do Mater Natura no projeto: Instituição proponente e executora do projeto. 

Início: Maio de 2021   Término: Maio de 2024

Financiador: WWF-Brasil

Parceiros: Rede Gestora do Corredor de Biodiversidade do Rio Paraná e Pacto pela Restauração da Mata Atlântica

Equipe executora:

Coordenadora: Ana Paula Ferreira da Silva

Técnicos: Erick Caldas, Letícia Nunes Araujo, Paulo Aparecido Pizzi, Helena Zarantonielli da Costa

Consultor:  Antônio Carlos Galvão Melo

Descrição e metodologia:

Em dezembro de 2019, o Mater Natura e o WWF-Brasil iniciaram uma parceria técnico-financeira para a construção do Plano de Restauração da Mata Atlântica (link) na Ecorregião do Alto Paraná (Parque Nacional do Iguaçu – Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema).

Por meio desse projeto, ocorreu a realização de oficinas temáticas, a prospecção de 700 hectares para a restauração ecológica nas áreas escopo do Plano de Restauração e o envolvimento de mais de 150 pessoas. Em sua realização, o projeto teve o apoio da Rede Gestora do Corredor de Biodiversidade do Rio Paraná e do Pacto pela Restauração da Mata Atlântica, entre outros especialistas.

A atuação do Mater Natura na ecorregião do Alto Paraná ocorre há quase 20 anos. Ressalta-se que a atuação de nosso Instituto em conjunto com a Rede Gestora do Corredor de Biodiversidade do Rio Paraná, resultaram nos últimos dez anos em planejamento territorial, governança, restauração ecológica, entre outros trabalhos.

O WWF-Brasil também atua na região há quase 20 anos, tendo em 2003 publicado o documento intitulado Uma visão de biodiversidade da ecorregião florestas do alto Paraná – bioma mata atlântica: planejando a paisagem de conservação da biodiversidade e estabelecendo prioridades para ações de conservação”. Este documento foi resultado do esforço coletivo da equipe do WWF juntamente com várias outras instituições do Brasil, Paraguai e Argentina. A Visão de Biodiversidade é um documento norteador para o planejamento de ações de conservação da biodiversidade na ecorregião.

Em junho de 2021, como continuidade de trabalhos conjuntos na região, considerando a importância de ações prioritárias e como uma fase de implementação do Plano de Restauração, o WWF-Brasil e o Mater Natura, firmam uma nova parceria técnico-financeira para restauração ecológica de 60 hectares até o ano de 2024. Salienta-se que o WWF-Brasil assumiu o compromisso de restaurar ao menos 200 hectares na ecorregião até 2025.

As áreas em que o projeto será desenvolvido apresentam diferentes perfis, onde permitirá a restauração com técnicas de restauração ativa e passiva, assim como técnicas teste, buscando contribuir com outros projetos de restauração ecológica na Mata Atlântica. 

Destaca-se que em 2021 iniciou-se a Década da Restauração de Ecossistemas, declarada pela Organização das Nações Unidas (ONU). O que ressalta ainda mais a importância de trabalhos voltados para ações de conservação e restauração.

Rolar para cima